Mesmo trabalhando à distância é possível alcançar resultados consistentes e expressivos

Mesmo trabalhando à distância é possível alcançar resultados consistentes e expressivos
Local


O Departamento dos Recursos Humanos e Tecnologias de Informação (DRHTI) tem, dentre outras responsabilidades: A planificação e gestão dos recursos humanos e a inovação dos serviços do Instituto Angolano das Comunicações (INACOM).

Se em situação normal, gerir recursos humanos se afigura como uma das tarefas mais desafiantes na administração de qualquer organização que almeja sucessos, imagine-se no actual contexto em que o contacto presencial está limitado por força de um distanciamento social, um imperativo da prevenção da Covid-19.

Estamos a finalizar o terceiro mês nestas condições e o INACOM News quis saber junto da DRHTI como tem sido o dia-a-dia da gestão dos trabalhadores e ficamos surpreendidos ao saber que "mesmo trabalhando à distância é possível extrair resultados expressivos e consistentes” e, não apenas isso, também economizar consideráveis recursos financeiros e materiais.

Por via online, condicionante da homework, Sandra Afonso, Chefe do Departamento dos Recursos Humanos e Tecnologias de Informação, nos fala da forma como é organizada a actividade no INACOM e enumera surpreendentes vantagens do teletrabalho. 

INACOM News – Quem é Sandra Afonso na vida do INACOM ? Agradecemos falar um pouco da sua vida laboral e académica.

Sandra Afonso – Natural de Luanda, Distrito Urbano da Ingombota é Licenciada em Psicologia do Trabalho pela Universidade Agostinho Neto, Pós-Graduada em Gestão Estratégica de Recursos Humanos pela Universidade Católica de Lisboa. Como mãe, dedicação total às duas filhas menores e atenta aos problemas da família biológica.

INACOM News – Que estratégias para controlar e alimentar filhos que na sua maioria não vê?  Ou melhor, como controlar a assiduidade e produtividade dos trabalhadores à distância?
Sandra Afonso – Com entregas por parte dos chefes de departamentos das escalas de trabalho presenciais e teletrabalho, as actividades estão sendo realizadas com o mesmo desempenho.

INACOM News – Em confinamento e distanciamento social, como é desenvolvido o trabalho na sua área nestes últimos meses?
Sandra Afonso – Com recurso à presenças escalonadas e por via remota.

INACOM News – O quadro de pessoal disponível na sua área é satisfatório para os desafios actuais e a curto prazo?
Sandra Afonso – O pessoal disponível para os desafios actuais não é satisfatório, na medida em que a nova estrutura do Departamento de Recursos Humanos e Tecnologias de Informação contempla seis funcionários efectivos, incluindo o Chefe do Departamento.

INACOM News – Formação. Com a maioria dos trabalhadores em confinamento, como se processa a questão da superação técnica e profissional?
Sandra Afonso – Por via remota, recorrendo à plataformas de teleconferências existentes.

INACOM News – Se hipoteticamente o Covid-19 surgisse 10 anos há traz, sem as actuais tecnologias de comunicação, como seria a gestão dos recursos humanos?
Sandra Afonso – Certamente seria em condições idênticas às actuais, pois, os sistemas de teleconferências existem há mais de 10 anos. A dificuldade seria a disponibilidade da largura de banda que de certa forma, não seria suficiente para atender a demanda e, também, naquela altura tecnologias como IOS, android, Google Play e outras app que facilitam as teleconferências eram muito escassas.

INACOM News – Que vantagens e desvantagens identifica nesta fase e no modelo actual de gestão de recursos humanos à distância?
Sandra Afonso – As vantagens são:
De ordem financeira por um lado, visto que alguns custos reduzem;
O Regime de metas diminui as hipóteses de prologar uma situação para ser resolvida depois;
O funcionário tende a ficar mais focado e não se distrai com colegas! Presenteismo;
Alguma flexibilidade de horários na execução das tarefas;
Há lugar para uma maior agilidade na realização dos trabalhos a executar. 

Desvantagens:

Jornadas de trabalho mais longas, com uma grande probabilidade de se prolongarem para além do horário normal de trabalho, pois, existe maior flexibilidade deste.
Falta de uma ligação física com a instituição e com outras equipas;
Condições de trabalho nem sempre adequadas para o exercício das funções;
O controlo do ponto é feito manualmente em folhas. 

INACOM News – Que conselhos ou alertas aos chefes das equipas e ao pessoal em geral, em função de prováveis factos e comportamentos fora da disciplina laboral e fora dos parâmetros da normal gestão de recursos humanos?
Sandra Afonso – Os conselhos a dar focam a actual situação que assola o mundo, com alertas constantes e adaptando nossas medidas de funcionamento a curto, médio e longo prazos.  A preocupação com os funcionários é bastante defendida no ambiente corporativo. Zelando pela integridade e pela eficiência no cumprimento das metas da Instituição, fornecendo recursos e estímulos para a execução de excelência no dia-a-dia, é possível extrair resultados mais consistentes e expressivos.
 


Voltar