Novo Conselho de Administração do INACOM toma posse

Novo Conselho de Administração do INACOM toma posse
Jornal de Angola


O ministro das Telecomunicações, Tecnologia de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, conferiu posse aos membros do Conselho de Administração (CA) do Instituto Angolano das Comunicações (INACOM), nomeados, dia 10 de Novembro passado, pelo Titular do Poder Executivo, João Manuel Gonçalves Lourenço.


Ao intervir no acto de empossamento dos novos membros do Conselho de Administração do INACOM, o ministro sublinhou que a mudança de gestores resulta da estratégia do Executivo em continuar afinar a máquina das diferentes instituições com o objectivo de se melhorar a eficiência das suas acções. 


No acto, Manuel Homem exigiu do novo CA do INACOM uma postura mais firme, para assegurar que as operadoras exerçam as suas funções com rigor e disciplina, para a melhoria da qualidade dos serviços prestados aos cidadãos.


Para o governante, o Executivo está a fazer um amplo programa de reestruturação e modernização da infra-estrutura do INACOM, relacionado com a melhoria das frequências, possibilitando um avanço qualitativo nos serviços prestados. O INACOM deve, igualmente, prestar atenção ao desafio relacionado com as interferências na utilização de frequências, quer nas frequências reservadas para o sector aeronáutico, quer para as operadoras de rádio e televisão. 


O ministro incentivou o novo Conselho de Administração do INACOM a continuar a trabalhar também para que os preços praticados pelas operadoras respondam aos objectivos de servir o país com cobertura das telecomunicações a todos os níveis.


Manuel Homem referiu que com a entrada no mercado da nova operadora (Africell Global Holding Ltd) aumenta o desafio no Sector das Telecomunicações, sublinhando que com isso, o INACOM, na qualidade de órgão regulador das comunicações electrónicas, tem uma grande responsabilidade naquilo que é a eficiência das tarefas prestadas por estas empresas.


De acordo com Manuel Homem, existem ainda muitos desafios na cobertura das telecomunicações a nível do país, reconhecendo que há ainda vários troços cinzentos que devem ser melhorados significativamente, tanto nos serviços de voz como de dados. Dentro da estratégia aprovada pelo sector das Telecomunicações, garantiu que o INACOM vai continuar abrir portas a novas operadoras que pretendem habilitar-se às licenças multi-serviços que estão disponíveis. 


O novo presidente do Conselho de Administração do INACOM, Pascoal Borges Alé Fernandes, garantiu continuar a trabalhar no sentido de se melhorar a qualidade dos serviços prestados pelas operadoras  de telecomunicações aos cidadãos.


Pascoal Fernandes disse que vai apostar também na capacitação dos funcionários do sector para estarem cada vez mais a altura das exigências do mercado. 


O actual Conselho de Administração do INACOM é presidido por Pascoal Borges Alé Fernandes, coadjuvado por Luísa de Freitas Bernardo Augusto – administradora executiva, Joaquim Domingos Muhongo – administrador executivo, Francisco Gomes Quininga – administrador executivo, Elsio Carlos Domingos Manuel – administrador executivo, Zolana Rui João – administrador não executivo e Meick Sandro da Costa Lopes Afonso – administrador não executivo.




Voltar